Segunda-feira, 21 de Junho de 2010

O MAIOR CORAL HUMANO DO PLANETA REUNIU MILHARES DE PESSOAS

 

O MEGA CORAL HUMANO reuniu milhares de pessoas no passado dia 20 de Junho, para assinalar o I Aniversário do SEA LIFE Porto.

 

Uma iniciativa única na cidade, no país e no mundo, candidata a um lugar no Guinness World of Records.

 

Uma mensagem importante de preservação do maior ecossistema de vida marinha do planeta.

 

Todas as imagens do evento estarão disponíveis para visualização em http://www.flickr.com/photos/sealife-portugal/ a partir de 25 de Junho. Escolha as suas e faça encomenda na bilheteira do SEA LIFE Porto.

publicado por Sea Life Portugal às 09:43
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 8 de Junho de 2010

Coral Humano no Porto

O Sea Life Porto, a propósito do primeiro aniversário, pretende juntar 4500 crianças para criar um coral humano que recrie a grande barreira de coral da Austrália. O objectivo é que este evento, a decorrer a 20 de Junho, concorra ao Guinness Book.
publicado por Sea Life Portugal às 16:57
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Abril de 2010

Sharky no novo programa da SIC "Achas que sabes dançar"!

 

 

A nossa mascote, Sharky, foi ao casting no Porto para novo programa da SIC "Achas que sabes dançar"! Vejam o vídeo, riam-se, partilhem e comentem!

publicado por Sea Life Portugal às 15:21
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 16 de Março de 2010

As Estrelas da Exposição Zombie Fish - Terror no Aquário: Rã-Flecha

 

Rã-Flecha, Dendrobates azureus 

 

Família - Dendrobatidae
Tamanho adulto: 3 a 4,5 cm a fêmea, o macho geralmente é mais pequeno
Habitat Original: região de Sipaliwini, no Suriname e Guiana Francesa
Curiosidade: os índios da zona do Equador utilizavam o veneno destas rãs para “molhar” a ponta das flechas para paralisar e matar os seus inimigos, daí o seu nome.

 

A rã-flecha é um pequeno anfíbio que pesa apenas 3 gramas mas contém um potente veneno neurotóxico na pele, suficiente para matar cerca de 2.200 pessoas!
Possui uma pele de cor azul metálica, com manchas negras e foi já, muitas vezes, considerada como o exemplar mais atraente de todas as espécies da sua família.
 

 

Hoje sabe-se que essa coloração tem um propósito muito concreto: alertar os possíveis predadores (cobras e aranhas) da sua toxicidade, praticamente letal! Esta toxicidade, a rã-flecha obtém-na da sua dieta, sobretudo à base de formigas.


O macho distingue-se das fêmeas por ter dedos maiores e em forma de coração. As fêmeas costumam ser mais corpulentas e maiores que os machos.
São rãs diurnas, de comportamento terrestre, altamente agressivo e territorial. Os machos atingem a maturidade sexual aos 9 meses e tomam a iniciativa da reprodução, que normalmente acontece entre Fevereiro e Março, durante a época das chuvas. Para atrair as suas parceiras, os machos emitem calmos sons vocais. A fêmea segue o "trilho" e quando encontra o macho literalmente voa-lhe para cima! O macho leva a sua companheira para um local sossegado junto à água, e aí fazem ninho.


A população de rãs-flecha está actualmente estável, mas dado o pequeno número de espécies existentes, a sua sobrevivência no meio selvagem continua a ser precária.
 

publicado por Sea Life Portugal às 19:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

As Estrelas da Exposição Zombie Fish - Terror no Aquário: Cobra-do-Mar-Pelágio

 

Cobra-do-mar-pelágio, Pelamis platurus

Família - Hydrophydae - Proteroglypha
Tamanho adulto: machos 72 cm, fêmeas 88 cm; comprimento de cauda nos machos 8 cm, nas fêmeas 9 cm
Habitat Original: águas tropicais dos oceanos Índico e Pacífico
Curiosidade: é a única serpente do mar a ter conseguido chegar às Ilhas havaianas!


De corpo comprimido, com a zona posterior a atingir mais do dobro do diâmetro do pescoço, a cobra-do-mar-pelágio apresenta uma cor variável embora, a maioria das vezes, seja bicolor - preta em cima e amarela em baixo, com as cores dorsal e ventral fortemente demarcadas uma da outra. A cauda é amarelada e com grandes manchas, formando um padrão muito característico.


É a única espécie de cobras do mar capaz de viver e reproduzir-se em mar aberto (é totalmente pelágica). É parente próxima das cobras terrestres da Ásia e Austrália, tendo evoluído destas há cerca de 10 milhões de anos atrás. Para adaptar-se ao novo habitat, desenvolveu uma cauda achatada em forma de remo e narinas valvulares.


O seu veneno é mortal e neurotóxico, semelhante ao das cobras-capelo. O veneno neurotóxico ataca o sistema nervoso, provoca paralisia e é o mais perigoso, pois pode matar em questão de horas por asfixia. A cobra-do-mar-pelágio é 10 vezes mais venenosa que a naja egípcia. 

Apesar disto, a cobra-do-mar é habitualmente tímida. Normalmente não morde, a menos que seja provocada ou pisada. Não há qualquer registo de ataque deliberado ao homem
 

publicado por Sea Life Portugal às 18:56
link do post | comentar | favorito

As Estrelas da Exposição Zombie Fish - Terror no Aquário: Weedy Scorpionfish

 

Weedy Scorpionfish, Rhinopias frondosa

 

Família – Scorpaenidae
Tamanho adulto: 23 cm
Nomenclatura: não tem nome comum em português
Habitat Original: Oceanos Indico e Pacífico Ocidental

O weedy scorpionfish é um peixe carnívoro que habita os Oceanos Indico e Pacífico Ocidental, desde o Japão até à Austrália e desde a África do Sul até às Ilhas Carolinas. O seu corpo é altamente comprimido e coberto por finos e venenosos espinhos. A sua cor varia consoante o ambiente, e pode oscilar entre vermelho escuro e roxo até ao amarelo e lavanda.

 

As características do meio envolvente influenciam, igualmente, o número de espinhos que exibem. As espécies encontradas em ambientes rochosos e águas abundantes em algas têm um corpo coberto de espinhos que mais parecem ervas, enquanto que as espécies que habitam águas mais profundas com corais macios e esponjas têm muito menos espinhos.

Habitante de águas profundas, entre os 13 e os 90 metros, à semelhança da maioria dos Scorpaenidae, é um caçador de emboscada nocturna, fazendo uso da sua capacidade de camuflagem para caçar peixes distraídos e invertebrados. Raramente nadam, movendo-se antes pelo fundo através da impulsão das suas barbatanas. 
 

publicado por Sea Life Portugal às 18:52
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

pesquisar

Sobre Sealife

Situado junto à Pr. Gonçalves Zarco, o SEA LIFE Porto é a escolha ideal para um dia de lazer e entrete-
nimento, em família ou grupo
de amigos.
Horários de verão já disponíveis
(1 de Maio até 31 de Agosto)
Seg. a Qui. 10h00 - 18h00
Últimas visitas do dia: 17h15
Sáb. 10h00 - 22h00
Últimas visitas do dia: 21h15
Sex. e Dom. 10h00 - 20h00
Últimas visitas do dia: 19h15
Horário:
Seg. a Sex. 10h00 - 18h00
Sáb. e Dom. 10h00 - 19h00
Últimas visitas do dia:
Seg. a Sex. às 17h15
Sáb. e Dom. às 18h15

Telefone 22 619 04 00
facebook
twitter
sapovideos
Youtube

posts recentes

O MAIOR CORAL HUMANO DO P...

Coral Humano no Porto

Sharky no novo programa d...

As Estrelas da Exposição ...

As Estrelas da Exposição ...

As Estrelas da Exposição ...

As Estrelas da Exposição ...

As Estrelas da Exposição ...

SEA LIFE Apresenta Exposi...

Venha conhecer o SEA LIFE...

arquivos

Junho 2010

Abril 2010

Março 2010

Junho 2009

Maio 2009

tags

todas as tags

subscrever feeds